Por

Redação Por: Luiz Brito

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

eb141847-3c55-4693-9185-a26733065051_038b423e0d34258ef947237991fcUm homem identificado como Reginaldo Magno da Silva, foi preso, acusado de agiotagem, e de reter cartões do Bolsa Família e de outros benefícios como garantia de empréstimos. A prisão foi na última terça-feira (25) mas o caso tomou maiores proporções na tarde desta quinta-feira (27) com uma entrevista concedida pela Delegada titular da DEAM (Delegacia especial da Mulher) Dra. Lígia Nunes de Sá ao repórter Gil Leal.

 

Ao cumprir um mandado de busca, a polícia encontrou na casa do acusado, diversos cartões com senhas, a maioria deles do programa Bolsa Família. “Ele emprestava dinheiro e cobravam um juro altíssimo, que não tinha como as pessoas pagarem. Ficavam com os cartões como garantia desses empréstimos”, explicou a delegada. O suspeito foi conduzido à Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (DEAM), onde confessou as práticas delitivas.

 

Na casa do suspeito, foram encontrados 62 cartões de benefício, todos com suas respectivas senhas. Reginaldo foi encaminhado para a Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (DEAM), onde foram tomadas as providências cabíveis.

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.