Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

Por Samuel Celestino


 


O ministro das Cidades, Mário Negromonte, conseguiu o que, seguramente, não foi fácil: assina nesta quarta, no Palácio do Planalto, um amplo projeto envolvendo nada menos de 24 cidades, incluindo o Distrito Federal. Ao todo serão investidos R$ 18 bilhões, atendendo a cidades acima de 700 mil habitantes. É o PAC das Cidades.


 


A Bahia estará bem servida com recursos para o governo do Estado, incluindo, natural e principalmente, Salvador, que terá direito a apresentar, por sua vez, quatro projetos. Em Salvador serão aplicados R$ 2,4 bilhões para tais projetos. As ações serão destinadas a melhorar o sistema de transporte coletivo já existente; implantação de infraestrutura para coletivos, inclusive terminais de integração; modernização dos equipamentos, entre outros. Há mais, muito mais.


 


O ministério de Negromonte estava fora das obras de preparação para a Copa do Mundo. Ele conseguiu incluir o seu ministério que ficará com metade dos recursos do chamado PAC da Copa, isto é, com 12 bilhões dos 24 previstos. Relata que será construído um corredor de tráfego Iguatemi – Aeroporto, utilizando-se veículos sobre rodas. Serão 20 km  de extensão, que custarão em trono de R$570 milhões. As vias estruturantes a serem construídas deverão ser, segundo o ministro, divulgadas até o dia 12 de junho.


 

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.