Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

Com as definições que acontecem na ocupação de cargos do governo federal, o cacique maior do PMDB baiano, Geddel Vieira Lima, ainda sem nomeação, pode ter seu futuro, que já foi especulado em variados setores, definido nos próximos dias.


 


Isso porque sua legenda teria até o dia 22 de fevereiro para enviar uma lista com os indicados a cargos de interesse para a presidente Dilma Roussef. Daí, cabe a Dilma, ou ao indicado, definir se irá ou não aceitar a proposta. Dentre essa lista, foi confirmado por um parlamentar da legenda a informação de que o ex-ministro da Integração Nacional é o indicado para assumir um posto de importância na Caixa Econômica Federal.


 


Houve a informação de que seria em uma diretoria de contratos, mas seu correligionário garante que Geddel tem maior cacife e deve ser indicado para vice-diretoria do banco estatal. O congressista explica que o PMDB quer, assim como fez o PT, alocar suas principais lideranças que estão sem mandato para contribuírem no governo federal.

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.