Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

Os cursos de desenho industrial do Campus I (Salvador) e de direito do Campus VIII (Paulo Afonso) da UNEB obtiveram conceito máximo (nota 5) no Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade), que é realizado pelo Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), vinculado ao Ministério da Educação (MEC).


A edição 2009 do exame, cujos resultados foram divulgados no final do ano passado, avaliou o aprendizado dos discentes de cerca de 6,8 mil graduações de 15 áreas de conhecimento, em 1,7 mil instituições de ensino superior de todo o país. Desse volume, apenas 309 cursos (5,5%) receberam  nota 5.




“Além da ótima qualificação do quadro docente,nosso projeto pedagógico procura contemplar as diversas demandas que o mercado de trabalhoexige do profissional. Assim conseguimos formar designers multifuncionais”, avaliou Antônio Neto, coordenador do colegiado do curso de desenho industrial.


O curso da UNEB foi o único da área de design, na Bahia, a obter o mais elevado  conceito no Enade.


Já em relação ao curso de direito, além da UNEB, apenas a Universidade Estadual do Sudoeste (Uesb) alcançou a nota máxima. A Universidade Federal (Ufba) ficou com 4.


José Miranda, coordenador do colegiado do curso da UNEB em Paulo Afonso, destacou que as atividades desenvolvidas no campus prezam pelo intercâmbio de conhecimentos entre estudantes, professores e a sociedade.


“Implantamos, por exemplo, um posto avançado do Juizado Especial Federal (JEF), que presta atendimento jurídico gratuito à população de baixa-renda. E estamos buscando outros convênios com órgãos públicos e o setor privado para qualificar ainda mais a formação dos discentes”, adiantou Miranda.




Estudantes de direito atendem população de Paulo Afonso gratuitamente. Foto: Divulgação

Estudantes de direito atendem população de Paulo Afonso gratuitamente. Foto: Divulgação

Outras sete graduações da UNEB também foram bem avaliadas no Exame Nacional de Desempenho de Estudantes, em 2009.


Os cursos de direito do Campus III (Juazeiro), de turismo e hotelaria dos campi I e XVIII (Eunápolis) e de administração dos campi I, V (Santo Antônio de Jesus), XI (Serrinha) e XII (Guanambi) alcançaram nota 4 no Enade.


Dayse Lago, pró-reitora (em exercício) de Graduação (Prograd) da universidade, afirmou que o bom desempenho desses cursos é resultado do esforço dos gestores e da comunidade acadêmica.


“Essas boas notas refletem a qualidade do ensino que estamos oferecendo nos diversos municípios da Bahia”, ressaltou Dayse.


Laerton Lima, coordenador do colegiado do curso de administração da UNEB, em Salvador, lembrou que com o crescente estímulo à participação dos estudantes em seminários de pesquisa “os alunos passam por uma formação acadêmica diferenciada, já que estudam mais sobre sua profissão e debatem sobre os trabalhos científicos produzidos”.


O Enade, que é realizado desde 2004, tem como objetivo mensurar o rendimento dos discentes de graduação com relação aos conteúdos programáticos do curso, suas habilidades e competências.


O exame é utilizado para compor o Conceito Preliminar de Curso (CPC) e o Índice Geral de Cursos (IGC), indicadores que são utilizados pelo MEC nos processos de avaliação da educação superior no país.


Imagem (home): Divulgação, com arte de Maiana Alcântara/Ascom

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.