Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

 

Em mais uma demonstração de que 2012 não está longe, o deputado federal Nelson Pelegrino (PT) resolveu ser solidário ao prefeito João Henrique (PMDB) e prometeu ontem encaminhar ao ministro das Cidades, Mário Negromonte (PP), o pedido para que ele viabilize o retorno da administração dos trens do subúrbio ferroviário de Salvador para o governo federal.


Com a intervenção, caso dê certo, o parlamentar petista teria um triunfo, pois ajudaria João, reduzindo custos para a Prefeitura, que passa por dificuldades de cunho administrativo.


Pelegrino, que já disputou a prefeitura duas vezes, não esconde de ninguém que ainda tem vontade de chefiar o Palácio Thomé de Souza. “Se o ministro acatar minha proposta, a prefeitura deixará de subsidiar R$ 2,10 em cada passagem, e esse custo voltará a ser do governo federal. Isso ajudará a prefeitura a enfrentar a crise financeira”, argumenta Pelegrino. A Tribuna tentou contato com Negromonte para ele comentar a possibilidade de acolher o pedido de Pelegrino, mas não conseguiu.


Parados há 56 dias, por falta de pagamento aos servidores, a passagem da locomotiva custa ao usuário o valor de R$ 0,50, mas o valor final chega a R$ 2,50, subsidiados pela Prefeitura. Em contato com a reportagem, o secretário municipal de Comunicação, Diogo Tavares, disse que o prefeito João Henrique acha justo que a União retome a administração ferroviária da capital.

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.