Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

No dia em que as pessoas respeitarem o direito do seu semelhante de ouvir apenas o que desejam e não o que lhe é imposto, a vida vai fluir bem melhor. Meio ambiente sadio representa pelo menos 20% do bem-estar nosso de cada dia.



Há muitos anos tenho o costume de assistir e ler jornais. Não só para ficar atualizado, mas também para poder contribuir com alguma informação que possa ajudar a todos. Hoje, para minha alegria e de muitas pessoas mais sensatas, fiquei sabendo pelo BATV, na parte de Juazeiro-BA, que a polícia prendeu doze desordeiros, poluidores e profanadores do sossego público, entenda-se: pessoas geradoras de doenças graves, principalmente no que concerne a insônia, pressão alta, nervosismo, dor de cabeça e até impotência sexual.


 


Nas crianças, a poluição pode até gerar algo parecido com a epilepsia, distúrbios que podem fazer uma família ter muitos prejuízos e Nação brasileira ter seus orçamentos de assistência à saúde sempre em escala crescente.


 


Nesta matéria apresentada no arquivo, publicado no JORNAL DE SAÚDE NATURAL, de minha propriedade e em outros artigos publicados em folhetos, tenho feito um trabalho de conscientização que muito tem ajudado às pessoas a ter uma visão diferente. Graças a Deus que a Justiça, com uma polícia eficiente, tem ajudado a colocar mais ordem no meio urbano.


 


Vamos bater palmas para os homens e mulheres que têm agido no sentido de fazer o que está escrito na lei. CADEIA PARA QUEM PROMOVE DESORDEM E ACREDITO QUE UMA DAS PIORES É A POLUIÇÃO SONORA, QUE TEM PROVOCADO ATÉ ASSASSINATOS. Espero que os apresentadores de programas de rádio se ainda usam, deixem o velho e ultrapassado jargão: AUMENTE O VOLUME DO SEU RÁDIO. A VIDA MERECE RESPEITO.


 



TEODOMIRO MARINHO, CRTH 0019, TERAPEUTA HOLÍSTICO. [email protected] 

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.