Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

O deputado estadual Paulo Rangel, líder do PT na Assembleia Legislativa, pode sim figurar entre os secretários do novo mandato do governador Jaques Wagner, mas em uma pasta diferente do que tem sido especulado.


 


Nos últimos dias, o nome do parlamentar foi cogitado como possível titular de Desenvolvimento e Integração Regional (Sedir), entretanto, fontes do Bahia Notícias garantem que, a secretaria não ficará com o PT. Ele seria sondado, na verdade, para assumir a pasta do Desenvolvimento Social e Combate à Pobreza (Sedes), que desde o início do governo Wagner era destinada à tendência petista Articulação de Esquerda.


 


Membro da AE, e até então favorito ao cargo, o deputado estadual Yulo Oiticica teria conseguido agregar menos adesões do que Rangel. Já na Sedir, Edmon Lucas (PSB) só a deixará se for confirmada a hipótese de que substituiria Cézar Lisboa, nas Relações Institucionais.


 


A saída do sucessor de Rui Costa, eleito deputado federal, não é confirmada nem descartada pelo Palácio de Ondina.

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.