Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

Muitos criticam e falam sobre a (im) possibilidade de tornar Paulo Afonso num novo eldorado gerador de emprego para todos seus habitantes, devido a falta de ação e coerência por parte dos nossos representantes Legislativos.


 


Isso é verdade.


 


Já escrevi sobre este assunto, e fiz menção de algumas cidades do interior do Estado de Pernambuco, a pátria mãe de quase todos os nossos familiares de Paulo Afonso, ou seja, nossas mães e pais.


 


Pelas bandas do Pernambuco há desenvolvimento sustentável e responsável, parece que os políticos daquele Estado, seja um vereador, deputado ou governador, estão trabalhando em busca de melhorias para seu povo e região.


 


Que sirva de lição.


 


Isso é um sonho que muita autoridade política daqui da região baiana, acalanta em seus reais objetivos ou aparentemente desejam isso.


 


Muitos políticos e lideranças, afirmam categoricamente que aqui necessita de fábricas, indústrias ou algo do ramo que possa pelo menos empregar 1/3 da população desempregada na região e falam como se fossem fácil e rápido implementar aqui um pólo de geração de trabalho.


 


Mas, cadê as fábricas, indústrias ou algo que possam minimizar o sofrimento de muitas “viúvas de marido vivo”?


Onde está o segredo do sucesso para conseguir tal empreitada?


 


Parece que teremos mais uma década de promessas e mais promessas para o povo e nada mais.


 


Na nova conjuntura política, não vejo a princípio vontade política ou administrativa para tal, apesar de que,  o momento atual, é de cautela sobre como se comportará a economia nacional, tenham certeza, que teremos um ano de pequenos índices de crescimento devido aos fatores externos e as contas públicas, e pelo visto o fator investimento será peça rara no tabuleiro da Governança Federal, Estadual e Municipal.


 


Daí, vamos esperar dos nossos representantes políticos sabedoria e sagacidade em prol dessa região.


 


Ainda, aposto de forma tímida que teremos algo inovador, porém, não sei de onde virá e quem proporcionará esse benefício histórico para a região e seu povo.

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.