Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print


Mensagem enviada através do site em 4/1/2011 – 10h46m


Nome: Rogério Sandes / E-mail: [email protected]


Depois de mais uma festa que frequento em Paulo Afonso do Insaciáveis chego a conclusão que  a falta de concorrência é um ponto fundamental para a má qualidade dos serviços com os clientes, neste caso em especial, os foliões. Quando falo em concorrência falo da falta que fez a participação de outra festa concorrente do Insaciáveis, para que houvesse a preocupação em fazer o melhor para nós, foliões. Pelo menos é a única justificativa que encontro para tanta desorganização. “Não tem concorrência, vamos fazer de qualquer jeito…”


O Insaciáveis deixou muita coisa a desejar, foi desorganização total em vários serviços, principalmente do Camarote, cujo abadá foi caríssimo, fora da realidade de Paulo Afonso. Prometeram demais, mas a única coisa que foi cumprida foi as bandas, que diga-se de passagem, foi uma programação merreca, só tinha que quem veio agora há pouco para a Copa Vela, mas fui pela festa, não pelas atrações – decepção total.


Distribuição de cerveja precária, quente. Prometeram open bar de ice e whisky, mas não rolou nada. Salgados? Nem cheiro. Nada de boate, nada de diferentes ambientes. A festa atrasou demais nos dois dias. No primeiro dia, feriado, que era pra começar cedo, estava todo mundo na cidade sem fazer nada, começou meia noite. Muitas pessoas foram embora antes de ver a última banda. No segundo dia, o que era pra começar cinco da tarde, começou mais de nove horas. Um absurdo.


O principal ponto forte da festa foi o folião, que se comportou, não teve tanta violência, porque se tivesse, ai ai. Pouco vi seguranças circulando na festa.


Fico indignado porque vim para Paulo Afonso passar o final de ano por causa do evento, mas me decepcionei, porque foi a pior festa que fui em Paulo Afonso, em termos de organização. Espero que a diretoria repense que o lucro é importante, mas para vender abada nos eventos futuros, é preciso ter qualidade no hoje.


Vamos cobrar mais, minha gente, a gente paga caro pelos eventos de Paulo Afonso, e temos que ter o retorno prometido.


 

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.