Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

Uma revista surpresa, feita na quinta-feira (23), às 16h00, acabou frustrando o sonho de liberdade de detentos da delegacia de Jeremoabo. Os agentes Macau e Gerocílio descobriram um buraco de aproximadamente quarenta centímetros de diâmetros por vinte de profundidade, aberto com pregos na cela quatro, por onde os três presos pretendiam chegar ao pátio interno e posteriormente alcançar a rua ao lado.


 


Segundo o delegado, Dr. Cícero Gomes, os resíduos oriundos do buraco da parede, que é de adobe, estavam sendo colocados em uma jarra utilizada para servir água, garrafas peti e a parte arenosa no vaso sanitário. Para não chamar a atenção do carcereiro o detentos  utilizavam um pôster tapando a abertura.


 


De acordo com o delegado, a calmaria nas celas nos últimos dias, a aproximação do natal e o final de ano foram os motivos para realização da revista repentina. Um dos presos, acusado de homicídio, assumiu sozinho a responsabilidade da tentativa, no entanto, os companheiros de cela também perderão as poucas regalias permitidas por lei.


 

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.