Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

Com a decisão do Tribunal Superior Eleitoral de anular os 22.728 votos de Joélcio Martins (PMDB), quem deverá perder um mandato é o PR, e não o PMDB, conforme anunciado previamente.


 


O azarado da vez seria Elmar Nascimento (PR), último colocado na coligação que, sem os votos de Joélcio, perde uma cadeira. No entanto, tanto Elmar quanto Paulo Azi – que também ficaria sem uma cadeira após o TSE impugnar o candidato Gaban – não estão muito preocupados e garantem que a decisão será modificada.


 


Elmar Nascimento foi companheiro de chapa do deputado Luiz de Deus (DEM) e só em Paulo Afonso obteve mais de 8 mil votos, mais até, do que a sua cidade natal e até então o seu maior reduto eleitoral, Campo Formoso.

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.