Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

Os trabalhadores das três maiores empresas do Grupo Neoenergia (Coelba, Celpe e Cosern) decidiram, em assembléia realizada nesta sexta-feira (17), iniciar uma paralisação por período indeterminado a partir de segunda-feira (20).


 


Os sindicalistas reclamam da direção da empresa, que não teria avançado nas negociações quanto ao percentual de reajuste salarial, bem como em outros pleitos, como a criação de um plano de saúde, e a estabilidade pré-aposentadoria. 


 


Com a deflagração da greve, a direção do Sinergia vai discutir, ainda neste fim de semana, um Acordo Operacional com a Companhia para diminuir os prejuízos causados com a ausência dos serviços, sobretudo, em razão das festividades de fim de ano.


 


“É preciso deixar claro que os apagões que ocorrem constantemente em todo estado é por conta da falta de manutenção preventiva e investimentos da Coelba, o que, diga-se de passagem, estamos denunciando com frequência”, frisou a sindicalista Cristina Brito, em entrevista ao jornal Tribuna da Bahia.

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.