Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

Os pauloafonsinos estão se revoltando contra a falta de energia elétrica que, em vários momentos tem acontecido na cidade e vem prejudicando a vida dos moradores e do comércio do município.


Só em dezembro, com a chegada das primeiras ventanias e chuvas de verão, foram várias as reclamações que estão nos sites da cidade.


Ainda no dia 04 de Dezembro, a falha da Coelba acabou comprometendo a abertura da programação natalina, impedindo que as luzes da Praça das Mangueiras fossem acesas. O Secretário de Turismo, Jânio Soares e o próprio Prefeito Anilton Bastos ficaram inconformados com o descaso da Coelba cujos técnicos se negaram a trocar um transformador que alimenta a praça.


O transformador que havia no local tinha sido trocado por um de menor porte, antes, pela Coelba. Depois das reclamações da Prefeitura, a Coelba fez a troca no domingo, em apenas meia hora.


A Coelba fez nota justificando esse e outro apagão, do dia 13/12 mas os moradores reclamam que também aconteceram outros apagões nos dias 9, 11 e 15 de dezembro no bairro Amauri Menzes (BNH) e em várias ruas como Águas Claras, Fraternidade, Princesa Isabel, Emancipação, Juscelino Kubstcheck, nas proximidades da Embasa e outros locais.


Dizem os moradores que “o problema é falta de investimentos e principalmente um programa de manutenção preventiva na rede de distribuição” e cobram providências da ANEEL e do Governo do Estado. “Isso não se justifica. Aqui é a capital da energia”, diz outra moradora do Bairro Amauri Menezes.


Há quem exagere na reclamação e apele para o humor: “Se um cachorro mijar num poste já desliga tudo”. E, acrescenta Gilvan do Tomate: “Quem vai pagar o prejuízo do comércio?”

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.