Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

O ex-prefeito Paulo de Deus (sem partido) vem cumprindo fielmente o que disse, desde a sua visita ao Mercado Ceasa, no BTN, quando anunciou suas pretensões de tentar seu terceiro mandato à frente da Prefeitura de Paulo Afonso. Paulo governou o município no período de 1997 a 2000 e de 2001 até abril de 2004, quando se desincompatibilizou para disputar a eleição em Canindé do São Francisco – SE.  


 


Nos últimos 15 dias foram várias visitas e reuniões. Esteve na Ceasa, participou da Marcha para Jesus, foi à Festa do Juá, Encontro dos Jipeiros e  por último reuniu-se com várias lideranças no Povoado Xingozinho.


 


Segundo os articuladores da pré-candidatura de Paulo de Deus, por onde anda, o ex-prefeito tem recebido algumas manifestações de apoio e incentivo, mas também tem ouvindo vários tipos de reclamações contra a administração do atual prefeito Anilton Bastos: “As pessoas se aproximam de Paulo e pedem a intervenção dele no governo, pedem para ele falar com Anilton, para melhorar a situação da saúde, do abastecimento de água na área rural, enfim são várias reclamações, as pessoas pensam que Paulo é ligado a Anilton ou ao DEM, mas ele deixa claro para as pessoas, que não faz parte do grupo, e que por enquanto, não pode ajudar, porque não tem relação com Anilton”, revelou uma pessoa próxima do ex-prefeito que preferiu não se identificar”.


 


Essa mesma fonte também afirmou que muita gente do DEM gostaria de estar participando desses encontros com Paulo de Deus, mas, por exercerem cargos de confiança, estão com medo de serem exoneradas. “Alguns que participaram das primeiras visitas, já não nos acompanham mais, porque estão se sentindo ameaçadas”, disse.


 


Do outro lado, após as aparições do ex-democrata, o prefeito Anilton Bastos, que até então evitava falar em reeleição, vem declarando abertamente que entrará na “briga”, tanto é que pretende realizar algumas mudanças administrativas no seu Governo com o objetivo de tentar melhorar sua imagem perante a opinião pública e de resgatar aquele “encanto” verbalizado recentemente na imprensa local pelo presidente do Partido Progressista, Dernival Oliveira (Val), quando disparou a seguinte frase: “O povo de Paulo Afonso perdeu o encanto pelo prefeito Anilton Bastos”.


 


Semana passada, em seu aniversário, centenas de pessoas, a maioria, funcionários públicos do município pareciam estar em clima de campanha política, até broches com a foto de Anilton foram confeccionados e utilizados pelos participantes somente para aquela ocasião. Os deputados Luiz de Deus, irmão de Paulo de Deus e líder dos democratas em Paulo Afonso e José Carlos Aleluia também prestigiaram a festa.


 


Há quem diga que foi Paulo de Deus quem deu o ânimo que faltava para o atual prefeito “arregaçar as mangas” rumo a 2012 e ao futuro político de Paulo Afonso. Anilton sabe que até agora, com metade do seu mandato indo embora, precisa começar imediatamente a implantar políticas públicas voltadas principalmente para a saúde, educação e de geração de emprego e renda, caso contrário, o pouco do “encanto” que ainda lhe resta com o povo tende a acabar, minando de vez, uma popularidade que já está tão em baixa, bem distante daquela, quando terminou o seu primeiro mandato, em 1996 e a do início do seu novo governo, em 2009.


 


 

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.