Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

O PT pretende aproveitar o desejo do líder do partido na Assembleia, deputado Paulo Rangel, de disputar a presidência da Casa para retomar bandeiras caras à legenda para a administração do Legislativo, a exemplo da redução da verba de gabinete e indenizatória dos parlamentares e a suspensão do carro oficial dos deputados.


 


De acordo com um petista que auxilia o parlamentar na elaboração de sua plataforma de campanha à presidência da Assembleia, o partido, fortalecido pela eleição do governador Jaques Wagner, tem a chance única de implementar reformas que façam, inclusive, uma homenagem ao ex-deputado estadual Paulo Jackson.


 


Morto precocemente num acidente de ônibus no qual viajava para visitar suas base no interior do Estado, em 2000, numa prova de que tocava o mandato com absoluta humildade, Jackson virou um emblema unânime na legenda de responsabilidade na gestão da coisa pública.


 


“Paulo Rangel tem o perfil adequado para implementar as mudanças que o partido sempre preconizou na Assembleia. Além de um político obstinado, pode dar uma verdadeira virada na história do Poder Legislativo na Bahia”, diz um outro petista.

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.