Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

Com as presenças de autoridades civis, militares, Vereadores, comerciantes, Delegados da polícia Civil e representantes da Chesf, Infraero, Poder Executivo e de diversos setores da sociedade pauloafonsina, como Maçonaria, Rotary Club e igrejas evangélicas, foi realizada na manhã desta terça feira (16) nas dependências do 20º Batalhão da Polícia Militar da Bahia, sediado em Paulo Afonso – Região Norte do estado – a solenidade de passagem de comando daquela Unidade, conforme decreto do Governador da Bahia, Jaques Wagner, exonerando o até então Comandante, Tenente Coronel Antônio Santana Rosário e nomeando seu substituto, o também Tenente Coronel Carlos Alberto Neves da Silva, que assume o comando do 20º BPM no momento em que a deficiência na segurança pública da região é alvo de severas críticas.


Em seu discurso e despedida, o Tenente Coronel Antônio Santana Rosário, visivelmente emocionado, agradeceu aos seus subordinados, segundo ele, responsáveis pelos elogios que recebeu pelo trabalho desenvolvido durante os dois anos em que esteve à frente do 20º Batalhão, onde procurou sempre respeitar e motivar toda a equipe, modernizando a metodologia de trabalho, para prestar um serviço policial da melhor qualidade possível. -“Valores e princípios são fundamentais, mas sem a devida interpretação variam de significado”, disse o militar, que a partir de agora passa para a reserva remunerada, benefício que segundo o Coronel Everaldo Mendes da Silva – Comandante do Policiamento da Região Norte – é mais do que merecido, pelo elogiável serviço que prestou à Polícia Militar da Bahia, durante sua brilhante carreira.


O novo Comandante do 20º BPM, Tenente Coronel Carlos Alberto Neves da Silva, em entrevista à nossa reportagem, disse estar a par da situação que envolve a segurança na região de Paulo Afonso, e que juntamente com a sociedade local pretende traçar planos de ação, buscando encontrar uma solução para a crise, que deixa a população apreensiva e necessita de medidas urgentes. -“Sozinho ninguém consegue fazer nada, por isso as portas do Batalhão estarão sempre abertas para qualquer cidadão pauloafonsino que queira nos ajudar a mudar esse quadro que compromete nossa segurança”, disse o Coronel Neves.

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.