Professor Luiz José: ‘Educação é a Base de Tudo!’

Por | 19 de Abril de 2015 às 12:25

Filho de Divanete Ferreira e de Valdo Rodrigues, ex-funcionário da Sacol e da Chesf, Luiz José da Silva nasceu em Pão de Açúcar/AL no dia 12 de dezembro de 1956 e veio para Paulo Afonso com 12 anos de idade. É casado com Maria das Graças, com quem tem 2 filhas (Samira e Samara). Tem 3 irmãos (José Antônio, José Cláudio e Edvaldo). Luiz Considera Paulo Afonso como sua terra natal, embora não esqueça as suas raízes.

Luiz José estudou no Centro Integrado de Educação de Paulo Afonso (CIEPA) e no Colégio Sete de Setembro. É formado em Letras pela Faculdade de Formação de Professores de Arcoverde/PE e fez 6 Especializações (Lingua Portuguesa, Literatura Brasileira, Literatura Portuguesa, Orientação Educacional, Linguística Aplicada à Língua Portuguesa e Análise Textual). Tem Mestrado em Ciências da Educação pela Universidade de Lisboa, Portugal.

Professor Luiz José trabalhou por 17 anos no Colégio Sete de Setembro e foi Conselheiro do Clube Paulo Afonso (CPA) por 12 anos. Acredita numa sociedade mais justa e gosta de ser um mobilizador cultural ou agente de cultura. É Professor por convicção e diz que qualquer mudança na sociedade passa pela educação.

Em conjunto com o Professor Eloy Lago contribuiu com o Projeto FASETE, sendo o grande mentor Professor Jackon Gomes de Oliveira, ancorado no visionário Professor Gilberto Gomes de Oliveira.

Coordenador e Professor do Curso de Letras da Faculdade Sete de Setembro (FASETE), Luiz José é o criador do Modernismo em Paulo Afonso, movimento cultural dos anos 80 que durou por 19 anos ininterruptos. Esse movimento iniciou-se em 1982 numa Sala do Colégio Sete, para dinamizar as aulas de Literatura e teve uma programação vasta com Passeata Ecológica, Festival de Violeiros, Festival de Música, Festival da Criança, Festival Folclórico, Festival de Coreografia.

Segundo o Professor Luiz José desfilaram pelas Semanas do Modernismo Educadores, Artistas de renome Nacional como Luis Melodia, Zeca Baleiro, 14 Bis, Boca Livre, Lazo, Ylê , Balê Folclórico da Bahia, Balê Popular do Recife, Ariano Suassuna, Edilson Freire e Ivete Sacramento. O Hino de Paulo Afonso foi escolhido no Festival de Música em uma de suas edições.

"Comprendo que Cultura constitui-se em todo fazer humano. O Modernismo contribuiu para o despertar. Inclusive, muitos Poetas e Escritores de Paulo Afonso lançaram seus livros, a exemplo de Sávio Mascarenhas, Gorete Moreira, Ednaldo Júnior, Jovelina Ramalho, Professora Mara José, Frederico Vasconcelos, Frederico Pernambucano de Melo, dentre outros", completa Luiz José.

Devoto de São Francisco de Assis, Luiz José está trabalhando no Encontro de Jovens com Cristo (EJC), na condição de "Pai Adotivo" e acha que amar é respeitar ao próximo como si mesmo e saber que podemos construir um mundo melhor, com atitudes. Se diz muito feliz, pois gosta do que faz e ainda existe uma pendência em sua vida, que é escrever um livro que terá como tema "Estratégias de Leitura".

Para o Professor Luiz José "Paulo Afonso se constitui em caldeirão, chegando ser uma cidade cosmopolita e sua principal vocação é estar de braços abertos para acolher a todos com suas diversidades. É uma Terra Encantadora!".

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  • Telefone: 75 3281.9421
  • E-Mail: comercial@pa4.com.br
© 2015-2016. Todos os direitos reservados.