Bastidores: As novidades da política em Paulo Afonso…

Matéria Original no Site Folha Sertaneja:

Por | 3 de novembro de 2012 às 19:57

A eleição para presidente da Câmara

A eleição para prefeito e vereadores aconteceu em 7 de outubro e, logo que saiu a lista de eleitos, em grande maioria ligados ao prefeito reeleito Anilton Bastos, começou a corrida para a cadeira central do plenário, a do presidente da Câmara, para o primeiro biênio dessa próxima legislatura. E apareceram três candidatos em potencial.

Petrônio continua sonhando 

Petrônio Nogueira, com a força da legenda, PDT, que fez três vereadores e a primeira suplente e o interesse também da executiva do partido, dirigido pelo Professor Sandro Gomes e por Francisco Roque, se apresentou com postulante ao cargo.

Antônio e Marcondes 

Por seu turno, Antônio Alexandre, que foi líder do prefeito nesses últimos anos e comeu o pão que o diabo amassou em embates duríssimos que quase chegaram às vias de fato com os colegas da oposição e já foi presidente uma vez, também era candidato em potencial. E Marcondes Francisco, que também já foi presidente e tem como apoio a conquista do sétimo mandato consecutivo, sempre com expressiva votação, também quer sentar nessa cadeira.

Luiz de Deus é quem decide! 

Mesmo com o desejo explícito de cada um e a vontade da executiva do PDT tem sido comum que vale mesmo é a decisão do atual presidente do DEM, Luiz Barbosa de Deus, aceito por todos como a maior liderança do grupo que está no poder há 20 anos e acaba de conquistar mais quatro anos.

O martelo foi batido no restaurante “Spartacus”: Marcondes é o nome!

Na segunda-feira, dia 29/10, Luiz de Deus esteve em Paulo Afonso concedendo entrevistas à Rádio Bahia Nordeste e à Folha Sertaneja e, depois de sair do jornal, pelas 20 horas, esteve com o prefeito Anilton e depois também com outras pessoas no Restaurante Spartacus quando, na presença de Antônio Alexandre, Marcondes Francisco e outros teria “batido o martelo” e decidido que o presidente da Câmara para esse primeiro biênio seria Marcondes Francisco.

Antônio, o próximo em 2015/2016  

Na terça-feira, 30, Antônio Alexandre conversou com a Folha Sertaneja e confirmou o teor dessa reunião, acrescentando que ele teria “aberto de sua candidatura para apoiar Marcondes na condição de ser o presidente no segundo biênio, em 2015/2016”.

Novatos na Mesa-Diretora 

Mantido esse quadro, que teria também “Ivaldo Sales na primeira secretaria e a indicação de nomes do PDT e do PV para a vice-presidência e para a 2ª secretaria”, (provavelmente Manoel Carreira ou Bero do Jardim Bahia ou ainda Marconi Daniel) surge, de novo, a especulação de que Petrônio Nogueira voltaria para uma Secretaria Municipal, provavelmente a de Serviços Públicos ou a de Agricultura, que poderá vir a ser criada, abrindo vaga para a Irmã Leda, também do PDT que continuaria com três vereadores na Câmara Municipal de Paulo Afonso.

Petrônio e o sonho de ser prefeito   

Dessa forma estariam todos contemplados: Marcondes, do PRP, seria o presidente, Alexandre, do PR, seria o próximo e Petrônio, Secretário, como foi em boa parte do seu mandato de vereador, o que lhe daria mais visibilidade na hipótese de continuar sonhando com a cadeira de Anilton em 2016.

 PT de Paulo Rangel terá espaço no Governo Anilton?

Quanto ao Prefeito Anilton, terá menos de dois meses para anunciar seu novo secretariado quando se saberá como irá acomodar no governo os outros partidos que o apoiaram nesta campanha, dentre eles o PT de Paulo Rangel.

Anilton poderá ter o apoio de 12 vereadores na Câmara 

Ainda quanto à Câmara Municipal de Paulo Afonso, Anilton já conta como certos os nove nomes que elegeu em 7 de outubro mas, além destes, como apurou a Folha Sertaneja em conversa com muitos dos eleitos, terá o apoio de vários outros que, embora eleitos por outros partidos, fora de sua base, se mostram dispostos “a apoiar os projetos enviados pelo Executivo que sejam do interesse dos moradores de Paulo Afonso”. Foi o que asseguraram à Folha Sertaneja pelo menos três destes vereadores, o que eleva para 12 o número dos edis da nova Câmara que poderão apoiar a sua gestão nesse próximo quadriênio ou, pelo menos nos primeiros anos, embora se tenha já daqui a dois anos, outro teste nas urnas, com a eleição para deputados, senadores, governador e presidente da República.

Salários dos agentes políticos em 2013 

Em 2013 cada vereador vai ter um salário de R$10 mil reais e mais o repasse para a manutenção do seu gabinete. Este também será o salário de cada Secretário Municipal. O prefeito passará a receber R$30 mil reais e o vice-prefeito, R$15 mil. Foi o que decidiram os atuais vereadores da Câmara de Paulo Afonso em sessão realizada no mês de Julho, como é norma regimental daquele Poder Legislativo.

 

Veja A eleição para presidente da Câmara

A eleição para prefeito e vereadores aconteceu em 7 de outubro e, logo que saiu a lista de eleitos, em grande maioria ligados ao prefeito reeleito Anilton Bastos, começou a corrida para a cadeira central do plenário, a do presidente da Câmara, para o primeiro biênio dessa próx

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  • Telefone: 75 3281.9421
  • E-Mail: comercial@pa4.com.br
© 2015-2016. Todos os direitos reservados.