Anilton na berlinda: semana de decisões sobre o concurso público de Paulo Afonso

Acusado de cometer crimes sucessivos de desobediência a determinações da Justiça e de ver o MP solicitar intervenção no município, o prefeito de Paulo Afonso terá uma semana difícil, a partir de amanhã (02).

Por | 30 de Abril de 2012 às 23:53

PT ignora Anilton e formaliza apoio aos concursados de Paulo Afonso

Na Moção de Apoio aprovada pelo PT (Partido dos Trabalhadores) aos Concursados de Paulo Afonso, em encontro convocado pela executiva municipal, no dia 29 de abril de 2012, os filiados do partido exigem do prefeito Anilton Bastos (PDT) a imediata nomeação das pessoas aprovadas no Concurso Público realizado pela Prefeitura Municipal no ano de 2008.

O PT foi mais além e afirmou que continua descumprindo a Liminar que determina a convocação dos concursados, na Moção o PT diz que “defende a manutenção do estado de direito sem a quebra da normalidade institucional provocada pelo descumprimento da liminar em que a justiça determina a convocação de todos”.

Fato curioso é que o encontro contou com a presença do deputado estadual Paulo Range (PT), desde o ano passado, vem trabalhando para que o partido seja o grande aliado do prefeito Anilton Bastos (PDT) nas próximas eleições, porém publicamente ainda não se manifestou sobre o assunto.

Prefeito comete recorrentes crimes de desobediência a determinações judiciais e MP solicita intervenção no município de Paulo Afonso

A situação do prefeito Anilton Bastos em relação aos sucessivos e recorrentes crimes de desobediência às determinações judiciais se complica cada vez mais.

O Ministério Público da Bahia já requereu INTERVENÇÃO no município de Paulo Afonso-Bahia, por descumprimento de decisão judicial e o prefeito que insiste em não nomear os concursados está na berlinda. Também pelo mesmo motivo foi proposta pelo MP uma ação penal por crime de improbidade administrativa.

Concursados prometem se reunir e acampar em frente à prefeitura nesta quarta, dia 02/05

Nessa quarta-feira, 02, os concursados farão mais uma mobilização a fim de lembrar ao prefeito que ainda há 1800 cidadãos que aguardam ansiosamente que seja cumprida a lei.

Os concursados estarão reunidos em frente à Câmara de Vereadores, às 08 horas da manhã desta quarta-feira, 02/05, com o prazo determinado pela justiça para que o prefeito inicie a convocação dos concursados esgotado. De lá, pretendem se mobilizar em frente ao Fórum, com para final em frente à prefeitura onde ficarão acampados até serem finalmente convocados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  • Telefone: 75 3281.9421
  • E-Mail: comercial@pa4.com.br
© 2015-2016. Todos os direitos reservados.