Paulo Afonso: Ex-namorado pode ter matado jovem casal por ciúmes, diz delegado

Por | 16 de abril de 2012 às 16:06

O Delegado Municipal de Paulo Afonso, Hidelbrando Alves falou sobre o duplo homicídio, ocorrido na madrugada de hoje na área rural da cidade, em que foi vítima o jovem casal de namorados, Cristiano da Silva Andrade, 23 anos, mais conhecido como “Dido”, residente no Povoado Malhada Grande e a adolescente T. D. N, 14 anos, moradora do Povoado Lagoa do Junco. O delegado confirmou que os jovens foram mortos a tiros e pauladas e que já estão detidos três suspeitos de terem assassinado o casal:

“Foi usado um pedaço de pau para destruir o rosto dela, como se fosse um instinto de vingança e o rapaz foi um tiro, tanto na moça quanto no rapaz e o carro lá. Nas diligências foi indicado um nome como suspeita, um carinha que ela tinha namorado há uns dias atrás, um tal de Genilson, que ele teria praticado, junto com um tal de “Nego do Benone” e um outro chamado “Manchinha” que é irmão de Genilson”.

Hidelbrando disse que chegou até os suspeitos após ouvir informações de várias pessoas conhecidas das vítimas:

“Diante dessas informações partimos para realizar as diligências para localizar essas pessoas, foram localizados todos os três, eles estão negando a autoria do duplo homicídio, mas tudo direciona realmente para os três.”


   Carro com os corpos das vítimas foi encontrado numa estrada vicinal, a 10 Km da Malhada Grande

Sobre os motivos que levaram os acusados a agir com tamanha brutalidade, o delegado acredita que ciúmes e vingança teriam sido as principais motivações. Segundo Hidelbrando, “Dido”, a 1ª vítima, era o atual namorado da adolescente T.D.N, a 2ª vítima e isso perturbava Genilson, que há dois ou três meses atrás, era quem namorava a garota:

“Dido”, que mora na Malhada Grande estava namorando com ela, faz dois a três meses que ele estava namorando com ela, e esse outro (Genilson) tinha namorado antes dele, e nesses dois a três meses sempre que ele (Dido) ia pra lá para namorar com a menina, o Genilson sempre passava com a moto no intuito de provocação e foi isso que levou ao suspeito.”

Confiante de que está certo com essa linha de investigação, o delegado acredita que ainda deverá autuar os acusados em flagrante:

“No decorrer do dia de hoje vamos continuar as investigações para ver se fechamos para autuá-los em flagrante”.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  • Telefone: 75 3281.9421
  • E-Mail: comercial@pa4.com.br
© 2015-2016. Todos os direitos reservados.