Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

O segundo mandato do prefeito Anilton Bastos (PDT) fez Paulo Afonso perder 38 posições na apuração do Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal (IFDM), que tem 2013 como ano base.

Há quatro anos Paulo Afonso estava entre os 10 municípios mais desenvolvidos da Bahia, chegou a ocupar o 9º lugar e agora é apenas o 47º no ranking dos municípios baianos.

Paulo Afonso perde inclusive para a vizinha cidade de Glória, que deixou o 103º lugar em 2009 e deu um salto para 37º tendo subido 66 posições,

O levantamento, feito nacionalmente pela Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), revelou que os dez municípios da Bahia mais desenvolvidos apresentam nota moderada (entre 0,6 e 0,8). Nenhum, portanto, com nota alta (entre 0,8 e 1,0). São considerados avanços nas áreas de saúde, educação, emprego e renda.

Com desenvolvimento moderado, Paulo Afonso obteve nota de 0,6030, abaixo da média nacional: 0,7441, alcançando a melhor pontuação no setor de saúde, 0.735. Na educação 0,650 e a sua pior pontuação foi no emprego e renda, com apenas 0,4006.

Consulte o IFDM
Ìndice Firjan de Desenvolvimento Municipal

Paulo Afonso configura entre cidades que mais registrou queda no índice geral (consolidado), tendo recuado 38 posições, saindo do nono para o quadragésimo sétimo lugar no ranking.

Abaixo, veja a posição dos municípios baianos comparando os índices Firjan divulgados nos anos de 2011 e 2015:

2011                                                                                                       2015


 

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.