Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

foto27

Um grupo de vaqueiros de Paulo Afonso realizou na manhã deste sábado, 22, uma mobilização pacífica em apoio as vaquejadas.

 

foto37

 

A movimentação teve sua concentração no estacionamento do Parque de Exposições e contou com cerca de 200 vaqueiros, além de outras pessoas que vieram em seus cavalos para dar apoio ao movimento.

 

A prática da vaquejada é uma tradição da cultura nordestina e em Paulo Afonso não poderia ser diferente. A vaquejada além de ser uma prática esportiva ela também é uma fonte de renda, gera empregos e muitas famílias dependem disso para sobreviver.

 

Recentemente o STF proibiu a vaquejada por entender que essa prática causa danos aos animais. Ficando assim proibida a realização dessas festas e pegadas de boi, em Paulo Afonso, o Ministério Público decidiu pelo impedimento da festa, e caso os produtores insistam a multa está estipulada em 100 mil reais.

 

foto27-1

 

A referida decisão não agradou os vaqueiros e admiradores, como Giovane Gomes de Melo, conhecido por Doca, ele é ex integrante do grupo São Luiz e hoje por conta da idade já não mais participa e passou a paixão pela vaquejada para os filhos e netos e hoje está se solidarizando com a mobilização em prol da permanência das vaquejadas.

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.