Homem baleado que teve esposa assassinada diz que um dos tiros atravessou tórax e passou a um milímetro da aorta

Por REDAÇÃO - PA4.COM.BR | 5 de agosto de 2020 às 23:23

Crime bárbaro tirou a vida de Patrícia Campos Albuquerque, 44 anos. O esposo José Celso levou dois tiros, mas sobreviveu. Foto: Cortesia D’juby/Rádio Angiquinho.



 

 

O homem que teve a esposa assassinada e levou dois tiros na manhã da terça-feira (4) em Paulo Afonso, receberá alta nas próximas horas do Hospital Nair Alves de Souza.

 

José Celso da Silva de 44 anos, bombeiro civil e proprietário de uma oficina de pintura e funilaria e a sua mulher Patrícia Campos Albuquerque, 44 anos, foram alvejados por disparos de arma de fogo por volta das 11h50m próximo de onde moravam, na Rua Pituaçu, Bairro Benone Resende.

 

Celso sobreviveu, mas infelizmente Patrícia  que foi atingida por quatro tiros, três no braço direito e um na região do peito, não resistiu e veio a óbito no local. A vítima era mãe de três filhos adolescentes, duas garotas e um rapaz.

 

Na tarde de hoje (5), vinte e quatro horas após o crime, Celso enviou para rádio Angiquinho FM uma imagem sua de dentro do hospital para mostrar que está recuperado. Também  mandou um áudio relatando o milagre que aconteceu em sua vida. Segundo ele, uma das balas que o atingiram atravessou o tórax passando a um milímetro da veia aorta:




 

“Atravessou meu tórax, passou a um milímetro da aorta, atravessou sem pegar nenhum órgão, nenhuma artéria, só tecido ou músculo. No braço também não pegou no osso, passou pela carne e está alojada. Estou fora de perigo graças a Deus, não precisa de cirurgia só depois a do braço. Amém.”, contou.

 

Celso disse ainda que está bem melhor, fora de perigo e que receberá alta nas próximas horas: “Estou bem, apesar da minha esposa que se foi. Eu já estou saindo de alta, provavelmente hoje ou amanhã já saio, tirei outro raio-x e estou bem graças a Deus. Estarei de volta, trabalhando como sempre, essa sempre foi a minha vida como todos me conhecem.”

 

A polícia civil investiga o caso e já identificou o principal suspeito. Testemunhas disseram que após cometer o ato, o acusado fugiu em veículo Gol, de cor vermelha, placa não anotada. Até o momento não há informações sobre a motivação do crime.




 

 









1 comentário em “Homem baleado que teve esposa assassinada diz que um dos tiros atravessou tórax e passou a um milímetro da aorta”

  1. Minha amiga Patrícia ! Hoje meu coração doe por sua partida prematura.. Que Deus possa confortar a todos e que os culpados pague perante a lei, em seu extremo rigor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  • Telefone: 75 3281.9421
  • E-Mail: comercial@pa4.com.br
© 2015-2016. Todos os direitos reservados.