Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

Os técnicos do Tribunal de Contas do Estado de Sergipe (TCE) estão realizando trabalho de inspeção no município de Canindé do São Francisco e estão se sentindo ameaçados. O presidente do TCE, Clóvis Barbosa, determinou o envio de equipes de segurança à cidade onde os técnicos estão atuando. De acordo com o presidente e com a conselheira Susana Azevedo, responsável pela coordenadoria técnica que inspeciona as contas públicas em Canindé do São Francisco, homens ocupando dois veículos com placa de Alagoas estão rodando o município e acompanhando todos os deslocamentos que os técnicos fazem na cidade.
A equipe da conselheira Susana Azevedo que está em Aracaju recebeu a informação de que estes mesmos homens chegaram a solicitar informações sobre os hóspedes de uma pousada se encontram onde os técnicos. Coincidentemente, segundo as informações que chegaram ao gabinete da conselheira, os únicos hóspedes desta pousada são os técnicos que estão na região.

O presidente do TCE, Clóvis Barbosa, chegou a interromper momentaneamente a sessão plenária desta quinta-feira, 29, para transmitir a informação aos conselheiros. O presidente já determinou o envio de reforço da segurança do TCE à região e entrou em contato com o delegado João Batista, secretário da Segurança Pública de Sergipe, solicitando medidas que possam garantir segurança e tranquilidade à equipe técnica.

De acordo com informações da conselheira Susana Azevedo, os técnicos do TCE estão realizando inspeções na Prefeitura e também na Câmara Municipal de Vereadores. Em uma das inspeções o foco está centrado em denúncias de suposto desvio de recursos públicas, das classificadas verbas indenizatórias, transferidas pela Câmara Municipal aos vereadores de Canindé do São Francisco. A conselheira Susana Azevedo classifica como prematura qualquer informações a respeito destas denúncias e informou que está aguardando o retorno da equipe para obter maiores esclarecimentos do que já foi apurado até o momento.

O prefeito Heleno Silva, do município de Canindé do São Francisco, não tomou conhecimento destas supostas ameaças contra a equipe do TCE. O prefeito disse que os trabalhos na prefeitura ocorreram de forma tranquila e sua equipe permitiu aos técnicos o acesso livre a todas as informações e documentos solicitados.

O Portal Infonet tentou ouvir a presidência da Câmara Municipal de Vereadores ou algum parlamentar do município, mas não obteve êxito. O Portal permanece à disposição. Informações podem ser enviadas por e-mail [email protected] ou por telefone (79) 2106 – 8000.
 

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.