Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

Para mostrar as oportunidades de novos negócios no terminal de passageiros e nas áreas externas do aeroporto, a Superintendência da Infraero no Aeroporto de Paulo Afonso promoveu o 1º Fórum Empresarial no auditório da Infraero no aeroporto baiano no último dia 21 de setembro.

Fórum contou com a parceria e contribuições do Sebrae local, da Associação Comercial de Paulo Afonso – Ascopa, da Câmara de Dirigentes Logística de Paulo Afonso – DCL e da Federação das Indústria da Bahia – FIEB. Vários empresários da cidade compareceram e elogiaram a iniciativa da Infraero considerando o evento como positivo para desenvolver novas oportunidades de negócios na cidade baiana.

Dentre os assuntos abordados tanto pela Infraero, quanto pelas instituições parceiras e empresários presentes no fórum, foi o compromisso assumido por todos em relação à necessidade da adoção de ações conjuntas para a promoção e desenvolvimento integrado do turismo nas cidades de Paulo Afonso, na Bahia, Piranhas, em Alagoas, e em Canindé do São Francisco, em Sergipe.

Essas cidades, que são vizinhas e parceiras, recebem boa parte do fluxo de turistas que vão conhecer e desfrutar as belezas do cânion do Xingó em Canindé do São Francisco, em Sergipe, e da rota do cangaço em Piranhas, em Alagoas, e tem como melhor ponto de chegada e partida o Aeroporto de Paulo Afonso. Várias excursões de turistas percorrem trajetos com distâncias superiores a 300 km ao visitarem esses pontos turísticos o que seria um atrativo para a possibilidade de novos voos para a região nordestina.

No fórum o coordenador Comercial do aeroporto, Marcelo Antônio, e o superintendente da Infraero em Paulo Afonso, George Torres, coordenaram a apresentação das oportunidades de novos negócios existentes no sítio aeroportuário e abriram espaço para as manifestações dos empresários que apresentaram as suas contribuições. Por sugestão do superintendente da Infraero foi criado um comitê para que as ações voltadas à promoção do turismo da região fossem firmadas com melhor eficácia em seus efeitos.

George Torres destacou que a ideia do fórum foi incialmente planejada pela gestão anterior, sendo autorizada de imediato a continuidade no planejamento e realização do evento, por considera-lo extremamente importante para a efetiva viabilidade de novos negócios no aeroporto. “Os Centros de Negócios, precisam mais do que nunca adotar uma postura mais agressiva junto ao mercado e estas ações muitas vezes extrapolam o intramuros do aeroporto e a constante necessidade da quebra de certos paradigmas” finalizou o superintendente da Infraero.

 

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.