Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

Os estudantes Michelle Melo Cavalcante e João Lucas de Souza Silva, sob orientação da Profª Danielle Bandeira de Mello Delgado, do Instituto Federal da Bahia Campus de Paulo Afonso passaram para a segunda fase do Prêmio Arlindo Fragoso de Tecnologia e Inovação com a proposta “Melhoramento da eficiência de painéis solares a partir de um sistema automatizado de higienização”.

O Prêmio Arlindo Fragoso de Tecnologia e Inovação é uma iniciativa do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea-BA) em parceira com o Instituto Politécnico da Bahia (IPB) conta ainda com o apoio da Secretaria de Ciência e Tecnologia da Bahia (Secti), Sebrae e Senai. A iniciativa visa estimular a geração de conhecimento e a cultura empreendedora, através do desenvolvimento de projetos de pesquisa focados na busca de soluções sustentáveis para as áreas de energia, saneamento básico, construção civil, segurança pública, produção agrícola e produção mineral. Tais projetos devem ainda apresentar potencial de introdução no mercado, de algo que ainda não exista ou que contenha alguma característica nova e diferente do padrão em vigor.

Nesta edição [2016] foram inscritos 25 trabalhos de estudantes de várias regiões da Bahia, sendo somente 11 projetos aprovados pela Comissão julgadora do Prêmio Arlindo Fragoso de Tecnologia e Inovação para a segunda etapa do concurso.

A próxima etapa do prêmio terá início a partir da próxima segunda-feira (19/09), nas dependências do Crea-BA. Entre os dias 7 e 9 de novembro está prevista a etapa final do concurso, quando os grupos apresentarão seus projetos finais para uma banca de jurados. A cerimônia de premiação deverá ocorrer no dia 24 de novembro.

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.