Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

Luciano Huck foi vaiado durante o jogo de vôlei da seleção masculina neste domingo, 7 de agosto de 2016

Luciano Huck passou por uma saia justa neste domingo (7). Acompanhado pelos seus dois filhos mais velhos, Joaquim e Benício, com quem também carregou a tocha olímpica, o apresentador foi ao Maracanãzinho assistir ao jogo da seleção brasileira masculina de vôlei e acabou sendo vaiado. Tudo aconteceu quando o marido de Angélica, que lamentou nas redes sociais a morte do cirurgião Ivo Pitanguy, foi dar uma entrevista ao canal SporTV e apareceu no telão.

Logo depois do mal-estar, Huck falou ao jornal "Folha de S. Paulo": "Ginásio é ginásio. Foi uma parte. Acho que tem a ver com a situação que o país passa". Amigo pessoal do senador Aécio Neves, o artista, que comentou o processo de impeachment de Dilma Rousseff, respondeu positivamente ao ser questionado se sua posição política pode ter desagradado o público. "Pode. Talvez, sim", limitou-se a dizer.

Apresentador planeja adotar uma criança com a mulher

Pai de três filhos, Eva, de 3 anos, Benício, de 8, e Joaquim, de 11, Luciano Huck ainda quer mais. Ao lado de Angélica, sua mulher, o artista pretende adotar mais uma criança. "Daqui a uns anos, vou adotar. Eu e Luciano já conversamos sobre isso", disse a loira em entrevista recente à revista "Contigo".

No entanto, o casal deve esperar os três filhos ficarem um pouco mais velhos. "Vamos curtir os pequenos e depois, quando crescerem, adotamos. Adoramos a rotina de filho, do dever de casa", garantiu a apresentadora do "Estrelas".

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.