Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

Nome: Lucas
E-mail: [email protected]

Os moradores da Rua são Francisco-Centro fazem um apelo para que alguma autoridade resolva a denúncia de pertubação do sossego alheio e poluição sonora de um bar localizado na (Rua São Francisco – Centro). Pedimos também que a prefeitura peça o alvara de funciomento desse ponto comercial.Todos os finais de semana tem carros com som ligado na maior altura e o pessoal fica bebendo e fazendo barulho ate alta horas da noite e com o fechamento do bar ainda vem as batidas de cadeira e grandes de cerveja, em vista que aqui uma área residencial e a noite e uma rua calma e o barulho do bar esta incomodando a vizinhança.

Os setores responsáveis tomem as providências:
(Guarda Municipal 3281 – 4656) e (Policia Militar 190). A lei não esta sendo cumprida (art. 42 do decreto-lei nº 3.688/1941 art. 54 da lei 9.605/98 que estabelece que constitui crime ambiental. Causar poluição de qualquer natureza em caso de abuso de equipamentos de som e sinais acústicos da poluição sonora/pertubação do sossego alheio) Juízo de direito da vara do sistema do juizado especial criminal e juízo de Direito da única vara crime da comarca de Paulo Afonso/BA.
https://jeccpauloafonso.files.wordpress.com/2011/03/portaria-01-2011-som-paulo-afonso.pdf
https://jeccpauloafonso.files.wordpress.com/2011/03/portaria-02-2011-som-santa-brc3adgida.pdf

Também são colocadas cadeiras na calçada de forma inrregular impedindo a passagem de pedestres que desviam seu trageto para rua . Em vista que essi mesmo trageto e usado por alunos de colégios aqui próximo e pelo pessoal que vai para Igreija Nossa S. de Fátima. Vemos idosos e crianças desviando sua passagem da calçada para a rua sendo passivo de acidentes .

O Projeto Calçada Livre que é parte integrante do Programa Cidade Bem Cuidada, que conta com supervisão e fiscalização dos guardas municipais com apoio da Procuradoria Geral do Município. O projeto regulariza e uniformiza o uso das calçadas dos estabelecimentos comerciais de Paulo Afonso. (Lei que também não esta sendo cumprida )

Aguardamos a resporta das autoridades!

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Uma resposta

  1. O que resolve é realmente levar estas pessoas para a delegacia, levar os equipamentos e interditar o estabelecimento! Porque já aconteceu recentemente (maio de 2018) chamarmos a polícia, aqui no BTN III,…, a polícia pedir que abaixem o volume e depois de 10 minutos de afastamento das autoridades as pessoas do … aumentarem o volume ao extremo e gritarem em alto e bom som que as pessoas que se sentem perturbadas têm “inveja” deles. “É INVEJA!!! É INVEJA!!!”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.