Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

O deputado federal Mário Negromonte Júnior (PP), concedeu entrevista na tarde desta terça-feira (02), ao programa “Radar 89”, da Rádio Delmiro FM, para comentar as convenções partidárias ocorridas no último fim de semana, bem como responder acusações feitas pelo candidato a prefeito de Paulo Afonso, Luiz de Deus (PSD) em relação à sua família e à lisura do adversário.

“Eu agora vou ter que falar, Luiz de Deus me fez uma provocação e agora eu vou responder […] o prefeito Anilton anda nas casas falando de mim do meu pai e do nosso grupo político, então precisa explicar porque tem 120 processos contra o senhor e dentre esses, 3 criminais em fase adiantada?, e mais de 117 denúncias em andamento?”, iniciou o deputado.

As contas bloqueadas de Anilton, o paladino da moral, o homem incorruptível

“Como o senhor explica, por exemplo, o bloqueio de mais de R$ 500 mil reais na sua conta?”, um prefeito que quase teve interdição do Estado, vocês esquecem que o prefeito Anilton “esqueceu os concursados e a justiça quase nomeou um interventor. Este é o homem que se diz o mais limpo de Paulo Afonso?”, questionou Mário. Segundo afirmou Mário Júnior, a dupla em questão “anda por Paulo Afonso” se dizendo límpidos como água da fonte e que “não tem processos” que são “isso” e “aquilo”.

Luiz de Deus ou tenta apagar o seu passado ou tenta esquecê-lo, mas o povo não esquece

Mário Júnior segue expondo o passado dos “impolutos”, afirma categoricamente: “Lembram da Associação de Médicos que Luiz e Anilton tentaram colocar no Nair Alves de Souza?, era para tomar o hospital do povo e meu pai e o grupo da oposição à época, proibiram esta imoralidade. O passado não apaga não”

Mário Júnior disse ainda que, Luiz de Deus tem dois filhos alternando-se na Câmara Federal há mais de 20 anos. “Não vejo problema nenhum nisso, mas porque ele não diz?”.

“O homem tão honesto e recebia pelo SUS para atender as pessoas e cobrava, e quem me dizia isto era a minha avó, dona Doninha, que por diversas vezes pagou consultas particulares dentro do hospital”.

A barragem feita na fazenda com recursos públicos

“O senhor colocou cerca lá para que ninguém visse, mas o jornal de Sergipe noticiou a barragem que foi construída com dinheiro público, do ex-prefeito de Canidé do São Francisco, esqueceu Luiz de Deus?”.

Ena Vilma Pereira de Sousa Negromonte nunca foi e nunca seria indicada por Luiz de Deus

"A indicação da minha mãe para trabalhar na CHESF foi feita por seu irmão Adalto Pereira que na época exercia cargo político e fez o pedido ao então Senador Jutaí Magalhaes. Na época, Luiz de Deus era diretor do hospital e apenas acatou ordens dos seus superiores".

Quem deve gratidão Luiz de Deus, é você

"Quando meu tio Adalto Pereira faleceu, nós teríamos a primeira eleição direta em Paulo Afonso, e o candidato a prefeito seria meu tio Antônio Martins que abriu mão da candidatura é nosso grupo político na época optou por apoiar Luiz de Deus para candidato, que perdeu a eleição para Zé Ivaldo."

"O povo de Paulo Afonso não está vendo que eu estou fazendo um sacrifício pra ser candidato a prefeito?" Indagou Luiz de Deus.

"Então quer dizer Luiz de Deus, que é o povo de Paulo Afonso que é merecedor de votar no senhor? Eu por exemplo sou merecedor de ter sido votado em Paulo Afonso, não é sacrifício algum pra mim ser deputado de Paulo Afonso, pra mim é uma honra! A maior honra que um cidadão pode ter é representar o seu povo da cidade que nasceu, é por isso que pra você é um sacrifício, o senhor não nasceu em Paulo Afonso!"

Segundo Mário Júnior o que está acontecendo é desespero. “E nas redes sociais e nas casas das pessoas falando mal de mim e de meu pai, e eu preciso responder, tenho coragem de falar no rádio, não mando funcionário não”.

 

 

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.