Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

Para comemorar o 58º aniversário de emancipação política de Paulo Afonso, município da região Norte da Bahia, situado a 486 KM de Salvador, nesta quinta-feira (28), mais de vinte instituições de ensino municipais, estaduais e particulares, além de entidades militares, culturais e religiosas mostraram suas alegorias, coreografias e mensagens educativas no tradicional Desfile da Emancipação.

O desfile percorreu toda extensão da Avenida Apolônio Sales e mesmo debaixo de chuva, o público permaneceu no local até o final, aplaudindo as performances e evoluções de cada grupo.

Resumo da História:
O até então distrito de Glória ganhou status de cidade oficialmente em 28 de julho de 1958 pela Lei Estadual 1.012/1958, sancionada pelo então governador da Bahia, Antônio Balbino. A Indicação para o desmembramento, de autoria do então vereador Abel Barbosa e Silva, havia sido aprovada e encaminhada à Assembléia Legislativa do Estado da Bahia, no dia 10 de outubro de 1956.

Abel Barbosa justifica a ideia de criação do novo município pela necessidade crescente de investimentos no povoado Forquilha, que segundo ele, crescia intensamente, porém, carecia de serviços públicos, como Prefeitura, Câmara de Vereadores e cartórios, situados na sede do município, distante 30 KM. “Todas essas dificuldades se somavam aos atos discriminatórios da Chesf, que coibia o livre trânsito dos moradores da Vila Poty no Acampamento da hidrelétrica e a perseguição política que a empresa praticava contra os seus adversários, chegando a demitir empregados”, complementa.

O nome Paulo Afonso, segundo historiadores, veio da famosa Cachoeira de Paulo Afonso, de Paulo Viveiros Afonso. Este também é o nome das Usinas I, II, III e IV, construídas pela Companhia Hidro Elétrica do São Francisco na região, a partir de 1949, um ano depois da criação desta empresa, acontecido em 15 de março de 1948.

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.