Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

 O vereador Cargilson Bezerra Lacerda está sendo acusado de agredir um homem com problemas mentais, o caso aconteceu na tarde desta quinta-feira (21), por volta das 13h, no Bar de Marciana no centro da cidade de Água Branca. A vítima foi identificada como José Raimundo Rodrigues da Silva, popularmente conhecido como “Branco”, 42 anos. O edil conversou com a reportagem do portal Radar 89 e negou as acusações.

Segundo o Boletim de Ocorrência (BO) registrado na Delegacia Regional de Polícia (1ª-DRP) de Delmiro Gouveia, a vítima trafegava pelo centro da cidade, quando foi surpreendido pelo político que o chamou de puxa-saco do ex-prefeito Zé de Dorinha. “Branco” teria revidado chamando-o de pedófilo. Foi quando descontrolado o parlamentar partiu para cima do rapaz e o agrediu com dois tapas no rosto, vindo a lesionar “Branco” no olho esquerdo e na região da boca.

Ao perceber a confusão, dois rapazes identificados como Fernando Torres e Isaias Viera tiraram a vítima das garras do agressor. “Branco” e o seu pai Noé Posse da Silva procuraram a delegacia e realizaram o boletim de ocorrência.

12591756_1045508918834506_1402969474_o

Nossa reportagem conversou por telefone com o Cargilson e ele negou as agressões, esclarecendo que já vinha tendo problemas com o rapaz que sofre das faculdades mentais, inclusive disse ter procurado o pai do rapaz para informar sobre o que o filho estava fazendo.

O delegado Rodrigo Rocha Cavalcanti titular da 1ª-DRP adiantou que o acusado será intimado e na próxima terça-feira (26) será ouvido.

Esse é o terceiro caso registrado na delegacia em menos de 10 dias envolvendo confusão política na pacata cidade de Água Branca.

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.