Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

Gildete Gomes, Ariana Souza, Janiclécia Castor, Taise Araújo e Tamires Araújo são as novas conselheiras tutelares do município de Glória, que tomaram posse na manhã desta segunda-feira (11), na sede do Conselho Tutelar. Seguidos dos seus respectivos suplentes num total de 10 pessoas eleitas, dentre elas, um único homem: Maicon Oliveira Alves, que ficou em 8º lugar.

A prefeita Ena Vilma Negromonte (PP) destacou a importância de ter em seus quadros de funcionários profissionais capacitados para reconhecer maus-tratos a menores e reportá-los ao Conselho Tutelar do município com o resguardo que o assunto merece.

“Não é uma questão tão simples, é preciso ter preparo emocional e, principalmente, ética. Há situações que quando fogem do controle e é da competência de um conselheiro, ele pode responder a processo e não é a instituição quem responde”, ponderou Ena Vilma.

O presidente do Conselho de Direitos do Município, Everaldo, também falou das responsabilidades depositadas pela população em cada conselheiro e lembrou as conquistas do município, principalmente no que diz respeito a estrutura do Conselho e operacionalidade:

“Hoje estamos com a quarta formação, neste pleito que vai de 2016 a 2019, um Conselho que está desempenhado um excelente trabalho no nosso município, que a cada dia aumenta as ações porque o pessoal já sabe a quem recorrer”, destacou Everaldo.

Participaram da posse os vereadores Valério José (PT), Beto (PT) e Gilmar Pereira (PP) além do secretário de governo, Nivaldo Lopes, e de Ação Social, Edielg Vieira dos Santos. “Não é um trabalho fácil, temos que está dispostos para toda hora, de madrugada e nos fins de semana, tudo em favor da criança e do adolescente, mas graças a Deus, com dificuldade ou não, levamos à frente”, disse Edielg.

“Com ações dentro do Conselho se protege não apenas a criança que grita, mas às vezes a mulher que está em silêncio. Eu sei que o ideal seria ter nossa própria Casa, mas aqui em Glória, nós temos uma das melhores estruturas da região”, afirmou Em Vilma.

A prefeita disse ainda, que não se pode acomodar e que precisa melhorar. “Eu não posso viabilizar uma construção de uma Casa de Passagem, mas pretendemos fazer parcerias, não posso dizer como, vamos ver as possibilidades”, adiantou, se referindo a um pedido do diretor do Conselho de Direito do Município.

A sede do Conselho Tutelar de Glória está localizada na Avenida José Hemetério de Carvalho, nº 50/ centro.

O e-mail: [email protected], fone: (75) 3656-2168.

 

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.