Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

O policial militar Edson Trindade dos Santos, de 36 anos, acusado de assassinar com um tiro no pescoço a namorada Ekelania Faro de Meneses, 29, teve o mandado de prisão cumprido, no domingo (10), no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Ele está custodiado no Batalhão de Choque da Polícia Militar, em Lauro de Freitas.

No depoimento, Edson alegou não se recordar das circunstâncias do crime, mas negou ter discutido com a vítima antes do disparo e afirmou ter deixado o local, em seguida, levando a arma de uso pessoal, uma pistola calibre 380, já encaminhada à perícia do Departamento de Polícia Técnica (DPT).

O corpo de Ekelania foi encontrado no quarto do apartamento de Edson, no Edifício Managé, no Trobogy, na madrugada de sexta-feira (8). Juntos há quatro meses, eles eram colegas de classe em um curso de direito. Policial desde 2008, Edson é lotado na 40ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/Nordeste de Amaralina).

De acordo com o delegado Marcelo Sansão, coordenador da 2ª Delegacia de Homicídios (DH/Central), que está à frente das investigações, a motivação do crime é investigada pela polícia, que aguarda familiares e amigos da vítima e do autor para serem ouvidos no DHPP.

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.