Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

A Executiva Estadual do PSB reunida, na manhã desta segunda-feira (28), decidiu, por maioria dos seus integrantes, ratificar a posição do Diretório Nacional de independência propositiva e contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff. Isso, no entanto, não deve esgotar o debate sobre a profunda crise econômica, social e política que o país atravessa, caracterizada principalmente pela perda de 1,5 milhão de empregos formais em apenas 1 ano, pelo não crescimento do PIB e pela alta da inflação, que corrói os salários dos trabalhadores brasileiros.

 

Esta crise revela um esgotamento do modelo de alianças estabelecidas pelo governo federal e provoca o empobrecimento da prática política, entre as teses simplistas de impeachment ou não impeachment. Por essa razão, o PSB da Bahia propõe que sigamos o exemplo do governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, que reuniu outros 12 executivos estaduais para busca de soluções políticas, econômicas e sociais, para além dos acordos partidários, que permitam ao país atravessar esta crise e chegar a 2018 em razoáveis condições democráticas estabelecendo, nesse período, um governo de coalizão nacional que proporcione condições políticas, jurídicas e econômicas para o país.

PSB-Bahia

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.