Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

Fiquei muito indignado com o descaso com os animais em caso de acidente em vias de trânsito, hoje (22.12) pela manhã, a caminho do trabalho me deparei com um cavalo deitado na entrada que dá acesso a Usina PA IV, Netuno e Integral Mix, aparentemente o animal estava atordoado, com as patas quebradas e flexionadas, ao seu lado estava o seu filhote, em pé sem nenhuma lesão. Naquele área, transita muitos veículos, há 3 empresas no local de acesso, precisávamos que fossem socorrido o animal por algum órgão responsável da prefeitura! Acionei todos os órgãos públicos existentes aqui em Paulo Afonso para prestar assistência nestas situações, dentre eles encontram-se os seguintes contatos:

– 190 (POLÍCIA)
– 193 (CORPO DE BOMBEIROS)
– 8802-1050 (ARDAP)
– 3282-5140
– 3281-3011 (SERV. PÚBLICO)
– 3281-3076

Primeiro, liguei para o corpo de bombeiros que recebeu a informação limpa e clara, e apenas me deu um retorno da seguinte forma: "Obrigado pela informação". Após 30 min., liguei novamente para o estabelecimento e fui orientado a ligar para a ARDAP da prefeitura por que esse não seria um serviço para os mesmos. Já começou minha indignação a partir daí, não fui orientado a procurar na primeira chamada, só depois do segundo contato. Liguei para cada setor/contato acima descrito e todos encaminhavam para um local diferente, sem solução! Sempre as mesmas desculpas, "Não é serviço nosso, tenta tal número".

Em resumo, o animal veio a óbito no local sendo retirado/arrastado da estrada por dois homens, não se sabe se eram proprietários do cavalo, e por consequência do destino, o seu filhote ficou sozinho.


Por Thalyson Evangelista Lopes

 

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.