Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

A sessão ordinária da Câmara Municipal de Paulo Afonso, nesta segunda-feira (14), em que os vereadores aprovaram a peça orçamentária para o exercício 2016, cerca de R$ 218 milhões, serviu também para um massacre contra o vereador Antonio Alexandre (PR). Não é possível afirmar se a coisa já estava montada, mas bastou que Antonio criticasse o prefeito Anilton Bastos (PDT), que seu lombo sofreu paulada.

Todo mundo sabe que neste momento e, pelo andar da carruagem, no próximo ano, a vida dos dissidentes não será fácil na Casa, estão caçando preá com gato. Quando Luiz Aureliano (PR) ousou criticar o prefeito, foi de imediato taxado de “assassino de criancinhas” e “batedor de mulheres”.

Sem espaço para o debate na Câmara e sem a mão amiga da oposição (?) resta a imprensa. Pois bem, encerrada a reunião na Câmara, Antônio Alexandre participou do Programa Patrulha, da Cultura FM, e disparou contra os adversários, referindo- se a Petrônio Nogueira (PDT), disse que este teria chegado em Paulo Afonso, com uma mão na frente e outra atrás, pobre de marré-dé-cí, mas que hoje está em situação muito boa, obrigado. Vale o destaque:

“Esse vereador presidente chegou em Paulo Afonso arrastando uma cachorrinha, como se diz no popular, eu desafio esse presidente para ele poder abrir as suas contas como eu abro as minhas e mostrar o meu patrimônio e ele o dele, para ver quem é desonesto e quem é honesto”

Segundo acusou Alexandre, mesmo com os cargos que teve e com os mandatos consecutivos, seis, só possui um carro e uma casa, enquanto que o colega, teve mais sorte, vamos assim dizer: “Trabalhei como chefe de empresa por dez anos e sou vereador de seis mandatos e meu patrimônio é o mesmo, tenho uma casa e um carrinho para andar, nunca coloquei posto de gasolina, nem tenho casa de praia, não existe nada que me qualifique que enriquei com erário público.”

Como a crise está grande no Brasil, particularmente em Paulo Afonso, é o jeito se arranjar com uma cachorrinha para ver se a sorte sorri também para os menos favorecidos na vida.

Esta é apenas uma pequena dose de como anda o grande debate de ideias na política de Paulo Afonso.

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.