Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

Um homem suspeito de vários crimes morreu na manhã deste sábado (5), após tentar roubar uma fazenda, na zona rural de Mata Grande, “Lio” como era conhecido teria sido surpreendido com o morador que percebeu a ação criminosa.

O acusado estava com uma balaclava (toca-ninja) no rosto, um revólver calibre 38, com seis munições, sendo duas deflagradas e duas intactas. Além da arma de fogo, foram encontrados dois pedaços de madeira com formatos de arma de fogo; a vítima portava uma tornozeleira eletrônica. 

De acordo com o chefe de operações, Jauedson Ferreira, José Viriato, o “Lio” junto de outro comparsa teria ido até o Sítio Jaburu, com intuito de assaltar uma fazenda, os dois adentraram o local, e ao se aproximar da residência, foram surpreendidos com vários disparos, “Lio” foi atingido e morreu no local, já o outro criminoso conseguiu se evadir. 

O suposto proprietário fugiu do local, a polícia foi acionada e ao chegar encontrou o corpo estirado no chão. O rapaz também utilizava luvas e teve o seu corpo removido pelos policiais até o necrotério do hospital local. Em seguida ele foi levado pelo Instituto Médico Legal (IML) de Arapiraca. 

De acordo com a polícia, “Lio” é suspeito de vários assaltos e outros tipos de crime, ele era comparsa do líder de quadrilha de roubo a banco, “Neném Limão” que foi morto durante uma discussão com os seus comparsas.

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.