Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

 

O município de Glória, recebeu nos dias 16, 17 e 18, nas comunidades de Agovila VI, Gato e Quixaba, a “Expedição de Cidadania”, uma iniciativa da Associação dos Juízes Federais do Brasil – AJUFE, do Conselho Nacional de Justiça – CNJ, em parceria com a Organização das Nações Unidas – ONU, com o apoio do Exército Brasileiro, Aeronáutica e prefeitura de Glória.

A solenidade de abertuda do projeto foi na Subcessão da Justiça Federal, em Paulo Afonso, onde autoridades federais como por exemplo, Dr. João Paulo Pirôpo – Juíz Federal, responsável pela vinda do projeto, falou da importância em melhor atender as comunidades.

Autoridades municipais puderam falar a todos sobre a importância da saída da zona de conforto, ou seja, de seus gabinetes, para estreteiarem laços com a sociedade. O evento teve como finalidade beneficiar comunidades carentes, através de uma equique multiprofissional oferecendo serviços médicos e odontológicos, emissão de documentos (CPF, RG e Carteira Profissional), realização de audiências sobre pleitos de concessão de benefícios previdenciários, dentre outros serviços que podem cooperar com a inclusão do conceito de cidadania.

A meta do projeto foi alcançada atendendo, gratuitamente, apróximadamente 300 pessoas em cada comunidade. A prefeita,Ena Vilma Negromonte, acompanhada do assessor do deputado federal Mário Junior, David Cavalcante, do secretário de governo Nivaldo Lopes, e dos vereadores Nido de Dotor, Beto da Beira do Rio e Gilmar Pereira, visitaram os povoados, conversaram com os munícipes sobre as suas demandas, parabenizaram as autoridades federais e funcionários que atuaram nos setores do programa que atenderam as três comunidades. O vereador Bezeca não se fez presente devido a motivos de saúde.

 

Confira galeria de fotos AQUI 

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.