Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

Soldado da PM foi morta com um tiro na testa enquanto trabalhava na Unidade Básica de Saúde de Pituaçu (Foto: Reprodução)

Foram divulgadas imagens da câmera de segurança instalada dentro do posto de saúde no bairro de Pituaçu, em Salvador, local onde uma policial militar foi morta na última segunda-feira (16). O vídeo registra o momento em que Dulcineide Bernadete de Souza, de 44 anos, chegou ao local.

Segundo informações de testemunhas, o homem que cometeu o crime chegou e já entrou atirando em direção à policial. No registro, é possível ver a PM passando por um balcão às 9h39 e seguindo para a área interna da unidade de saúde.

Minutos depois, às 9h43, um dos suspeitos aparece armado anunciando o assalto. Ele está vestindo camisa vermelha. Em seguida, as pessoas que estão atrás do balcão saem do local.

A soldado da PM foi morta com um tiro na testa. Ela recebeu os primeiros socorros de uma equipe do SAMU, em seguida, foi levada de helicóptero pelo Grupamento Aéreo da Polícia Militar para o Hospital do Subúrbio, onde não resistiu e morreu.

Minutos antes do crime, cinco homens chegaram em um Ford Ka branco, roubado na última sexta-feira (13) no bairro de Patamares, e estacionaram o veículo a poucos metros do posto.

Segundo a polícia, dois entraram no posto e renderam um policial identificado como Edmilson, que foi algemado e colocado dentro de uma sala. Antes de fugir, o trio voltou à sala onde estava Edmilson e efetuou dois disparos, mas nenhum atingiu o policial.

Ainda segundo a polícia, os bandidos fugiram levando objetos pessoais e duas armas dos policiais.

ASSISTA AO VÍDEO: 

Na mesma moeda: Suspeito de matar PM em Pituaçu é morto em confronto com a polícia na madrugada de hoje (18)

O suspeito de matar a policial militar Dulcineide Bernadete de Souza morreu durante confronto com a polícia na madrugada desta quarta-feira (18). Segundo o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), o acusado foi encontrado no distrito de Açu, próximo a Praia do Forte, no município de Mata de São João. Ao se deparar com equipes das polícias Militar e Civil, o suspeito teria atirado e, no confronto, foi ferido. Ele chegou a ser socorrido para um hospital da região, mas não sobreviveu. A Polícia Civil identificou o autor dos disparos como Josias Cerqueira dos Santos. Além de Lucas dos Santos, conhecido como “Machuca”, também foi preso Rodrigo Lima Bonadia dos Santos, que seria o responsável por adulterar as placas dos veículos usados nas ações dos comparsas. Dulcineide foi assassinada na última segunda (16), dentro do posto de saúde do bairro de Pituaçu, em Salvador.

 

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.