A Agência Reguladora de Saneamento Básico do Estado da Bahia (Agersa), cuja principal atribuição é exercer as atividades de regulação e fiscalização dos serviços públicos de saneamento básico, inicia mais uma maratona de inspeções. Durante toda esta semana, (de 14 a 18), o órgão estará atuando em 14 municípios – Santa Brígida, Ribeira do Pombal, Paulo Afonso, Heliópolis, Coronel João de Sá, Cícero Dantas, Glória, Senhor do Bonfim, Pé de Serra, Ourolândia, Jacobina, Itaberaba, Baixa Grande e Andorinha.

 

De acordo com o diretor-geral da Agersa, Carlos Henrique Martins, o objetivo da ação é verificar os sistemas de abastecimento de água e de esgotamento sanitário, no que diz respeito aos aspectos de qualidade da água, desempenho operacional, continuidade no abastecimento, atendimento comercial, planejamento da expansão, infraestrutura, dentre outros.

 

O diretor de Fiscalização da Agersa, Raimundo Filgueiras, explicou que o papel da agência é promover e zelar pelo cumprimento da Política Estadual de Saneamento Básico, bem como estabelecer padrões e normas para a adequada prestação dos serviços e para a satisfação dos usuários. Ele destacou que um relatório será elaborado e as não-conformidades encontradas serão apontadas. “A partir daí, um prazo é concedido para que a operadora se adeque, de forma a cumprir as cláusulas contratuais e legais”.

 

Neste primeiro ano de atuação, a Agersa já efetuou inspeções em oito cidades: Candeias, Madre de Deus, São Francisco do Conde, Nazaré, Santo Antônio de Jesus, Salinas das Margaridas, Vera Cruz e Itaparica.