Francisco Nery Júnior: Morte anunciada do São Francisco

Por REDAÇÃO - PA4.COM.BR | 9 de Fevereiro de 2020 às 12:00

Foto: Divulgação



 

 

Em 15 anos, até 2035, nem uma gota de água poderá alcançar o lago de Sobradinho. A afirmação é do senador Otto Alencar, apaixonado – e responsável – defensor do São Francisco. Apesar de toda chuvarada em Minas Gerais, caixa d’água do rio, a cota do grande lago mal chega a 34% no momento. A posição de Paulo Afonso como capital da energia já está ameaçada com a produção de energia eólica na região [já] equivalente à necessidade de todo o Nordeste. Se o Velho Chico secar, com ele adeus à nossa pujança.

 

Não dá para entender – muito menos aceitar – que os prefeitos da calha do rio São Francisco e os governadores do Nordeste abandonem o senador baiano a pregar no deserto como João Batista ou a anunciar o dilúvio para os incrédulos como Noé. Diríamos, mais para cá, a bradar (na realidade lamentar, com toda a calma que lhe é peculiar) o fim do mundo como Antônio Conselheiro. O São Francisco está morrendo, pronto e acabou como berra José Luís Datena.

 

Poderíamos todos pregar e contribuir para a preservação das nascentes e para a reconstituição das matas ciliares [ao longo] do rio. Deveríamos fazê-lo; antes que seja tarde!

 

Em Paris, o Sena preservado, a prefeita quer criar uma centena de “miniflorestas urbanas” até 2026. O alvo é plantar 170.000 árvores na capital da França, segundo matéria publicada pelo Le Figaro em 08.02.2020. Costumava-se atribuir a Alphonse Allais o desejo de “construir as cidades no campo” porque “o ar é mais puro”, continua o Le Figaro. A proposta da prefeita poderá inverter a proposta do escritor instalando um pouco do campo na capital.

 

Tais miniflorestas seriam zonas em torno de 200 m2 com cerca de, no mínimo, 30 árvores em locais da cidade.

 

Anna Hidalgo é favorita nas sondagens e poderá ser reeleita para novo mandato até 2026. Na França é assim. Vamos imitar?

 

Francisco Nery Júnior

 

Nota: Alphonse Allais foi um escritor e humorista da França. Charles-Alphonse Allais nasceu na Normandia em 20 de outubro de 1854. Filho de um boticário, foi para Paris aos 18 anos onde faleceu em 28 de outubro de 1905.




 









3 pensamentos em “Francisco Nery Júnior: Morte anunciada do São Francisco”

  1. Ha mais de quarenta anos que os politicos ficam dizendo que Paulo Afonso é a cidade do futuro cidade turistica……kkkkkkkkkkque futuro esse que nunca chega e os otarios continuam votando nos mesmos politicos.

  2. O rio São Francisco não vai morrer, por quê vai ser abastecido pelo mar de lágrimas da esquerda fedorenta, quando a CHESF for privatizada. O cabidelo e a mamata vão acabar e a esquerda vai ficar chorando de bico seco e derramando muitas lágrimas, para abastecer o velho chico. Afinal, já é chorumelas de derrotados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  • Telefone: 75 3281.9421
  • E-Mail: comercial@pa4.com.br
© 2015-2016. Todos os direitos reservados.