Prefeitura proíbe entrada de ONG de proteção animal em curral: “Um verdadeiro campo de concentração”

Por REDAÇÃO - PA4.COM.BR | 5 de julho de 2017 às 21:25

No mês de abril, um fiscal da Ardap – Associação Recanto dos Animais em Perigo – mostrou a situação de flagelo em que se encontravam alguns animais que são recolhidos pela prefeitura de Paulo Afonso, e levados para o ‘curral’ que fica no centro da cidade (veja link da matéria abaixo).  O  lugar, lembrava um sombrio cemitério de cavalos, um dos animais estava com o pescoço quebrado e outro havia morrido, ambos se feriram ao tentar beber água.

 

À época, pressionados pela população que se revoltou com a situação dos bichinhos, a prefeitura se comprometeu em reestruturar o espaço, enquanto um novo curral ficasse pronto. Eis que agora, moradores e fiscais voltam a denunciar a administração, porque se antes viam os maus tratos, hoje não é mais possível surpreendê-los, pois o portão que a prefeitura colocou inviabiliza a visão. Até agora, essa foi a única mudança.

 

Veja o que diz a Ardap, em sua página do Facebook :

Revoltante !!!!!! Hoje mais uma vez tentamos conversa com os responsáveis do Curral e mesmo após marcada reunião ninguém estava, nem se importou de adiar ou cancelar a reunião. Está claro que a prefeitura não se importa e está longe de ter a causa animal como prioridade. A prefeitura mudou o portão do curral para que ninguém possa ver os absurdos que acontece lá, nem o presídio de Paulo Afonso está tão escondido, é um verdadeiro campo de concentração. Pra que isso tudo ?! Combinamos com o responsável do Curral de fazer visitas diárias para verificar se após os inúmeros ocorridos de maus tratos ( falta de comida, estrutura inadequada, esgoto aberto e animal agonizando ) eles melhorariam o espaço e assim ficou acertado mas o responsável do curral não agiu de boa fé e não cumpriu com sua palavra. Agora me pergunto, porque um órgão público que não tem nenhum documento sigiloso, que não oferece perigo para quem vai visitar o local proíbe a entrada de uma ONG de proteção animal ?! Até a funcionária do local foi demitida por tentar nos justificar as diversas ordens contra a entrada da Ardap no Curral. Onde está o princípio da publicidade dos atos administrativos ?! Peço socorro pois essa situação não pode continuar ! Esse é um dos vídeos, espero que os meios de comunicação divulguem pois quem sabe assim a prefeitura irá se interessar em fazer algo.

Abaixo link da matéria publicada no último mês de abril, que causou revolta aos leitores, ao mostrar situação do curral da prefeitura em que um cavalo aparece agonizando:

 

Prefeitura de Paulo Afonso é denunciada por morte e maus-tratos de animais (Vídeos com imagens fortes)

8 pensamentos em “Prefeitura proíbe entrada de ONG de proteção animal em curral: “Um verdadeiro campo de concentração””

  1. A prefeitura tem que entender que os animais não estão só,que agora existem pessoas que vai atrás e que luta em defesa dos mesmos,e um direito nosso saber o que se passa ali dentro,e venho a pedir a todos que tem seus animais de estimação quentinho em casa nesse frio com comida água e amor,começar a se juntar com ardap e saber que os de rua sentem o mesmo dos que estão em casa,levantem abra a voz ajude da forma que possa e por favor autoridades ajudem a resolver o problema não só do curral mas tb zoonoses e o prometido canil que só Deus sabem qual a intenção deles com esse canil!os animais são obra de Deus tb e eles sentem como nos com uma diferença a palavra maldade não faz parte do seu vocabulário!!

  2. É igual às … da venda do terreno para o shopping, o prédio da secretária de educação, as contratações para festas e por ai vai.

  3. É lamentável que pessoas que se dizem humanas possam tratar os animais indefesos dessa maneira acolhendo em um lugar tão deplorável,e ainda acham que é um abrigo.Triste vê o quanto horrível é o ambiente.Eles precisam de moradia,alimentação e medicamentos.Vamos a luta pela causa dos animais.Eles também sentem fome,frio, e falta de carinho e amor.

  4. Tem provas nas mãos? Se tiver, joga na mídia nacional, divulgue nas redes sociais o caso, isso pode repercute muito mais do que neste site, aí rurma da ong vocês veram um resultado bem abrangente.

  5. Tem provas nas mãos? Se tiver, joga na mídia nacional, divulgue nas redes sociais o caso, isso pode repercute muito mais do que neste site, aí turma da ong, vocês veram um resultado bem satisfatório.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  • Telefone: 75 3281.9421
  • E-Mail: comercial@pa4.com.br
© 2015-2016. Todos os direitos reservados.